A crítica e o texto do Novo Testamento

Prefácio:


"A presente obra faz uma abordagem histórica da formação do texto e do cânon bíblico, habilita o leitor a ler a Bíblia com instrumental crítico e a interpretá-la sem preferências ideológicas e visões estritamente denominacionais. Ao contrário, de forma fenomenológica, propõe um retorno às coisas mesmas quando se trata do texto bíblico, livrando-nos dos perigos do dogmatismo, o qual, como diz Kant, é uma razão que não se examina a si mesma.
O autor contribui para o esclarecimento dos leitores da Bíblia em nossos dias, devido à sua grande capacidade de síntese e ao caráter pedagógico de seu texto, conduzindo pela mão o leitor através da História do texto bíblico, das formas de organizá-lo e de editá-lo e nos mostra que não basta dizer que a Bíblia falou, mas, como perguntou Jesus ao escriba que o testava, o importante é perguntar: "Como interpretas?". E esta é a finalidade da obra que temos em mãos: conduzir-nos pelos caminhos da formação e da interpretação do texto bíblico, mostrando que a Bíblia veio a tornar-se um livro ao longo da História, mas que a própria palavra de Deus é eterna, como diz o salmista: "Para sempre, ó Senhor, está firmada a tua Palavra no céu" (Sl 119.89). Para entendê-la é que esta obra foi escrita, com ricos dados históricos, críticos e hermenêuticos, e com uma reconhecida capacidade de síntese. No melhor sentido do termo, o livro tem um caráter enciclopédico, isto é, foi escrito para instruir, formar, conduzir o leitor, como o fazia o antigo pedagogo, ao lugar do saber".

Prof. Dr. Isaar Soares de Carvalho
Doutor em Filosofia pela Unicamp
Pós-Doutor FFLCH/USP- Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas


Você pode comprar este livro pelo site Editora Reflexão